Caminho do dinheiro negro: Quem é Robert F. Smith?

Caminho do dinheiro negro: Quem é Robert F. Smith?

Os  Eua  teve sua mentalidade economica dividida de forma tão significativa, que  a vitória da região norte durante a guerra civil permitiu a população negra ter condições de construção de cidadania economica, uma vez que esses tinha um modelo de desenvolvimento baseado na indústria e em pensamentos abolicionistas que acabou fazendo esses verem a  escravidão como algo ruim para sua industrialização e demais objetivos.

Já a hierarquia racial brasileira  atuou na desmobilização política dos negros de múltiplas formas, impedindo que se desenvolvesse instituições sociais e culturais próprias e autônomas, como ocorreu nos Eua por conta da segregação racial. O entendimento construindo do Brasil de um país igualitário, não permitiu o surgimento de instituições a exemplo de igrejas, outras organizações religiosas ou faculdades independentes que favorecesse a formação da base ideológica, institucional, e de lideranças que moldaram pessoas diversas a exemplo de  Robert F. Smith, o bilionário negro  que  se comprometeu a pagar toda a dívida contraída pelos 430 alunos da Universidade de Morehouse, em Atlanta, Estado da Geórgia no valor total de  US $ 40 milhões por  empréstimos estudantis.

Robert  é um banqueiro de investimento, empresário, filantropo, investidor  e fundador presidente do conselho  e Ceo da empresa de ações de capital fechado  Vista Equity  Partners.  – Forbes

Tem 5 filhos e cresceu num bairro predominantemente negro, em Denver. O fato de seus pais serem doutores em educação, permitiu a esse revelar cedo sua vocação para  o sucesso. Ainda jovem solicitou um estágio na  Bell Labs, empresa de pesquisa industrial e desenvolvimento científico mas não foi aceito no primeiro momento. Ele não desistiu e telefonou todas as segundas-feiras, durante cinco meses, até finalmente conseguir a vaga.

O  New York Times conta que Smith acumulou uma fortuna, que a Forbes estima em US$ 5 bilhões, ao fundar a Vista Equity Partners, quarta maior empresa de software corporativo depois da Microsoft, Oracle e SAP. Sua  empresa se concentra na compra e venda de empresas de software. Sob a sua gestão, a Vista é uma empresa privada que gerencia um capital de mais de US$ 46 bilhões e supervisiona um portfólio de mais de 50 empresas de software empregando mais de 60.000 pessoas em todo o mundo. Desde a fundação, sua empresa já movimentou mais de US$ 120 bilhões em negócios. Em 2017, foi nomeado pela Forbes como uma das 100 maiores mentes empresariais viva sendo uma das 400 pessoas mais ricas do país, ultrapassando a Oprah.

Estamos falando de um mecenas que preserva monumentos da memoria negra a exemplo do Museu Nacional de História e Cultura Afro-Americana em Washington, doou US$  2, 5 para tratamento do câncer de próstata para homens negros e  para pesquisa de câncer de mama para mulheres negras, e  US$ 1 milhão para o Cultural Perfomance Center no Harlem e fundando ainda o programa de apoio à educação musical e empreendedorismo em Austin e  Chicago, sendo o primeiro filantropo afro – americano.

E você, como tem feito seu dinheiro ser investido e circular entre os negros?

Luciane Reis

O MercAfro é um Negócio étnico e social que se estrutura via plataforma online de produção de conteúdo e ensino, cujo objetivo é integrar via desenvolvimento pessoal e ensino online, as diversas modalidades de empreendedores e empresários étnicos cuja linha comercial seja a valorização de saberes culturais e identitários de segmentos considerados “ de baixa renda” ou seja, das classes B,C,D,E, residentes no Brasil e com expansão para toda a America Latina.